Paraciclismo na Penha

Os principais paraciclistas do país já estão em Penha pra disputa da segunda etapa da copa Brasil de paraciclismo, que tem as provas sábado e domingo, em frente ao castelo das Nações do parque Beto Carrero World, na rodovia Transbeto. O campeonato é promovido pela confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), em parceria com a federação Catarinense de Ciclismo (FCC) e a prefeitura de Penha. 


São 15 categorias, nas quais o atleta é colocado dentro de uma classificação funcional dependendo da deficiência: são três categorias Tandem (deficientes visuais), cinco ciclismo (amputados e problemas motores), duas de triciclo (veículos de três rodas) e cinco de handbike (paraplégicos e tetraplégicos). “Na prova do ano passado, tivemos um atleta com deficiência mental e que pedalava a três quilômetros por hora. Ele superou os próprios limites e completou a prova”, lembra o representante da federação catarina, Alexandre Schneider.


Uma das apoiadoras, a prefeitura da Mariscolândia, defende a realização da prova na city. “É um dos principais eventos da modalidade em todo o Brasil, que irá fomentar, principalmente, o setor hoteleiro e gastronômico do nosso município. Esperamos cerca de 100 atletas, que vêm acompanhados de suas famílias e equipe técnica”, afirma o secretário de Turismo, Valdir José Mafra Junior. 


Sexta-feira, os paratletas começaram a chegar para os congressos técnicos e classificação funcional. Sábado, a programação começa às oito horas da matina, com as provas do estilo contra-relógio. Já no domingão, rolam as provas de estrada. Na prova de contra-relógio, os ciclistas largam um de cada vez e vence quem fizer o percurso no menor tempo. Todo mundo larga junto na estrada e vence quem cruzar a linha de chegada primeiro. 


O trajeto da prova de estrada tem 2,8km. A largada é na frente do castelo das Nações e segue em direção à BR-101, até a primeira rótula. Lá, eles fazem o retorno e vão até o final da Transbeto, onde fazem outro retorno e voltam à frente do castelo das Nações.


A primeira etapa da copa Brasil foi em Peruíbe, interior deSampa, no mês de maio. Entre os vencedores da primeira fase, está Soelito Gohr, ex-campeão mundial, que venceu pela categoria C5. Bruno Gabriel, que compete pela categoria T1, também demonstrou muita força de vontade pra superar a deficiência e completar o percurso na primeira colocação. Este ano, a copa Brasil de Paraciclismo tem o nome de troféu João Schwindt, em homenagem ao ciclista paralímpico João Schwindt, campeão brazuca que morreu em 2012, em um acidente de moto.

 



PROGRAMAÇÃO

Sábado
8h – competição contra-relógio (todas as classes – masculino e feminino)
 
11h – cerimônia de premiação (todas as classes)

Domingo 
7h – competição estrada (todas as classes – masculino e feminino) 
11h30 – cerimônia de premiação (todas as classes)


Rua: Max Colin, 1640, América - Joinville
Telefone: (47) 3422-0137
Copyright 2012 © Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por VEG Tecnologia