MUNDIAL DE PARACICLISMO

A seleção brasileira de Paraciclismo encerrou a sua participação no Mundial de Pista da Holanda neste domingo (29), com uma medalha de prata na prova de Scratch. Defendendo o título mundial conquistado em 2014, Soelito Gohr entrou na disputa como a principal referência entre os atletas presentes. Mas o brasileiro não se intimidou e fez uma prova bastante regular, sempre se mantendo entre os primeiros colocados. No final, Soelito acabou conquistando a medalha de prata, colocando mais uma vez o Brasil no pódio da principal competição do paraciclismo mundial.


A prova começou agitada desde as primeiras voltas, com ciclistas de vários países tentando se destacar. A dupla brasileira formada por Soelito Gohr e Lauro Chaman, trabalharam muito duro para neutralizar as fugas no início da competição.


Aproximadamente na metade da prova, dois australianos e o brasileiro Soelito Gohr, conseguiram abrir vantagem e aos poucos se consolidaram na liderança, chegando a dar uma volta nos demais adversários.  Na chegada final, Alstair Donohoe conquistou a medalha de ouro, seguido por Soelito Gohr com a prata e Michael Gallagher com o bronze. Lauro Chaman completou na 14ª colocação.


Está é a segunda medalha em campeonatos mundiais de Pista conquistada pelo multicampeão brasileiro, que já coleciona três títulos mundiais: Pista (Scratch) em 2014, no México; Estrada (resistência) em 2009, na Itália, e 2010, no Canadá.

“O objetivo principal é sempre a medalha de ouro. Só que precisamos ter consciência que estamos competindo em um mundial e o nível dos adversários é muito alto. A prova reuniu os melhores do mundo e estou satisfeito com mais essa medalha para o Brasil”, declarou Soelito.


“Fizemos um excelente trabalho em equipe, e o Lauro também está de parabéns. Aproveito para agradecer a Confederação Brasileira de Ciclismo, com patrocínio da Caixa Econômica Federal, e o Comitê Paralímpico Brasileiro, pela oportunidade e pelo incrível trabalho que realizam com o paraciclismo brasileiro”, enfatizou o campeão.

Entenda a prova de Scratch

A prova de Scratch é uma disputa realizada no velódromo limitada a no máximo 24 competidores. A competição começa com o pelotão compacto, todos com o mesmo tempo. O atleta que percorrer primeiro as 60 voltas (15km) é o grande campeão.

 

Mais informações no hotsite oficial: www.cbc.esp.br/


Rua: Max Colin, 1640, América - Joinville
Telefone: (47) 3422-0137
Copyright 2012 © Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por VEG Tecnologia