PISTA

Competição distribuiu doze títulos nacionais nesta quinta (1º). Ciclistas estão sendo acompanhados de perto pelo técnico da seleção brasileira

 

Com tempo bom e muito sol os ciclistas disputaram o segundo dia de competições no Velódromo Municipal de Maringá (PR). Doze títulos nacionais foram distribuídos com provas individuais que levantaram mais uma vez a torcida que comparece em peso para prestigiar os atletas. O brasileiro de pista júnior é destinado para ciclistas atletas entre 12 e 18 anos que competem nas categorias Infantojuvenil, Juvenil e Junior.


A prova de perseguição individual abriu o programa de competições com muita disputa pelo menor tempo. Na categoria Infantojuvenil, Julia Constantino, de apenas 14 anos, que defende a equipe Clube Ciclístico Araponguense, ficou com a medalha de ouro fazendo 3min25s779 para completar o percurso de 2.000 metros. Maria Maciel (Clube Ciclístico Araponguense) ficou com a prata (3min33s092) e Vitória Rita (Prefeitura Municipal de Rolândia) levou o bronze (3min21s838). Mostrando muito talento, Julia ainda voltou ao lugar mais alto do pódio na prova Keirin, comemorando o seu segundo ouro. Vitória Batista terminou na segunda colocação e Vitória Rita levou o bronze.

“Estou muito feliz pelos resultados conquistados. O brasileiro é uma prova que treinamos o ano inteiro para participar e chegar com bons resultados é indescritível. Nos próximos dois dias ainda tenho algumas provas para fazer e vou lutar até o meu limite para estar novamente no pódio”, declarou Julia.

Nas demais provas da perseguição individual, Giovana Montanino (Avulsa) comemorou o título na Juvenil feminino, Nicolle Wendy (Ciclo Clube Romeo) na Junior feminino, Brehon Junior (Clube Ciclístico Araponguense) na Infantojuvenil masculino, Pedro Rossi (Clube Maringaense de Ciclismo) na Juvenil masculino e Ricardo Dalamaria (GF Assessoria Esportiva) na Junior masculino. "Vencer competindo em casa tem um gostinho especial. Receber o carinho da torcida local e da família é muito importante para dar o combustivel final durante as provas", declarou Pedro Rossi. 

Na prova Keirin, Marcella Pereira (Memorial/Santos) levou a melhor na categoria Juvenil feminino e Carolina Barbosa (Clube Maringaense de Ciclismo) na Junior feminino. Já na prova dos 500m contrarrelógio da Juvenil masculino o campeão foi Vinicius Guimarães (Associação Ciclística Deportiva), enquanto Matheus de Oliveira (Liga de Ciclismo de Campos Gerais) venceu na infantojuvenil masculino e Wender Morais (Clube São José dos Campos) na Junior masculino. A prova Keirin acontece com os atletas iniciando a disputa atrás de uma motocicleta que mantem a velocidade controlada nas primeiras cinco voltas. Nas últimas três voltas os ciclistas pedalam livres para disputar a chegada final.

Nova geração supervisionada

O que não falta no Brasileiro de Pista Juniores 2016 são novos talentos. É empenhada nesse fomento que a Confederação Brasileira de Ciclismo está supervisionando e avaliando todos os atletas das categorias de base. O técnico da seleção brasileira, Emerson Silva, acredita que os jogos olímpicos deixou um legado importante de desenvolvimento e agora é seguir trabalhando para começar a colher os frutos.

“A realização dos Jogos Olímpicos no Brasil foi muito importante para mostrarmos que temos uma grande capacidade. Conquistamos a vaga olímpica lutando contra grandes potencias e conseguimos recolocar o Brasil nos jogos após 24 anos. Foi um aprendizado e uma experiência única. O velódromo que ficará como legado e os projetos que estamos trabalhando direcionados especificamente para a disciplina serão grandes aliados para o ciclismo de pista brasileiro nos próximos anos. Essa nova geração tem muito potencial e estamos acompanhando de perto todos os atletas que estão se destacando”, declarou Emerson.

 

Maiores informações: www.cbc.esp.br


Rua: Max Colin, 1640, América - Joinville
Telefone: (47) 3422-0137
Copyright 2012 © Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por VEG Tecnologia