ESTRADA / PISTA

Mais de 200 ciclistas de 12 a 18 anos mostraram seu potencial em Maringá (PR)

 

A sexta-feira (2) foi movimentada no Velódromo municipal. Por conta da previsão de chuva para o fim de semana, a programação foi antecipada com o cronograma encerrando no sábado para preservar a integridade dos atletas. Em resposta, os mais de 200 ciclistas de 12 a 18 anos estavam inspirados no terceiro e último dia de provas, que contou com disputas altamente competitivas.


Pela manhã, na scratch, prova onde todos os ciclistas largam juntos e encaram um circuito bastante técnico e veloz, as meninas deram um show. Na final da categoria juvenil Amanda Kunkel e Bruna Lenartowicz do Clube Maringaense de Ciclismo foram ovacionadas pela torcida local que vibrou muito com a dobradinha nas duas primeiras colocações. Marcella Pereira (Memorial/Santos/Fupes) completou o pódio.

Julia Constantino (Clube de Ciclismo Araponguense) mais uma vez foi a campeã da categoria infanto-juvenil, com Vitória Batista (Clube Maringaense de Ciclismo) ficando com a prata e a chará Vitória de Sá (Prefeitura Municipal de Rolândia) com o bronze. Na Junior Nicolle Borges (Ciclo Clube Rome) brilhou novamente e faturou a medalha de ouro. A jovem, que já integrou a seleção brasileira de base também levou duas medalhas na Estrada (uma prata e um bronze), foi seguida por Carolina do Nascimento (Clube Maringaense de Ciclismo), em segundo, e Lígia Venturini (Bike Point/FME Criciúma), em terceiro. 

"Esse é o meu último ano na categoria Junior, então tentei fazer o meu melhor em todas as provas. A partir da próxima temporada já estarei competindo na Elite e será uma transição complicada, mas estarei mantendo os meus treinamentos e disposta a encarar mais esse desafio", contou Nicolle.

Ainda na scratch, mas entre os meninos, o campeão da prova de perseguição individual, Brehon Schineider Júnior (Clube Ciclístico Araponguense) também conquistou seu segundo ouro na categoria Infanto-Juvenil. Na Juvenil, Pedro Henrique Milani e Arthur Rosendo do Clube Maringaense de Ciclismo garantiram mais um ouro e uma prata para os donos da casa. Na Júnior o título ficou com Rafael Augusto Braga (Memorial/Santos/Fupes). 

Corrida pelo pódio à todo vapor

Outra disputa que impressionou bastante pelo ótimo nível técnico foi a prova de velocidade individual. Brehon Junior estava inspirado e colocou mais uma medalha de ouro na coleção. Pela categoria Juvenil, Vinícius da Cruz (Associação Ciclística Desportiva) foi o vencedor, enquanto Wender de Morais (Clube de Ciclismo de São José dos Campos) cruzou em primeiro lugar na categoria Junior. Na disputa feminina da prova de velocidade individual na categoria Juvenil feminino, Marcella Pereira (Memorial/Santos) garantiu a medalha de ouro, seguida pela atleta Bruna Adati (Clube Maringaense de Ciclismo) e por Juliana Machado (ABEC Rio Claro).

O que também colocou o fôlego dos meninos em prova, foram as disputas do Keirin. Após a saída da “pace bike” (moto) da pista, a garotada pedalou forte na busca por uma medalha. Esbanjando talento e sendo destaque em todas as fases classificatórias, Brehon Júnior (Clube Ciclistico Araponguense) venceu com personalidade na categoria infanto-juvenil. Vinicius Gussolli (SMEL Foz do Iguaçu) venceu na juvenil e Igor Molina (Clube São José dos Campos) na Junior.

Com muita agilidade e um sprint rápido, Julia Constantino (Clube Araponguense de Ciclismo), foi a mais rápida da categoria infanto-juvenil. Marcella Pereira conquistou o ouro na juvenil e Carolina Barbosa (Clube Maringaense de Ciclismo) venceu na Junior.   

Omnium e Prova por Pontos colocam jovens a prova

Considerada a prova mais complexa do programa de pista, a Omnium realmente testou toda versatilidade e resistência dos talentos em potencial. A prova pode ser equiparada ao heptatlo do atletismo, mas contemplando seis corridas. Pela segunda vez no dia, o ouro foi para Rafael Augusto Braga (Memorial/Santos/Fupes). O jovem, que também foi quarto colocado na prova de resistência e bronze no contrarrelógio, apresentou mais uma vez um desempenho notável, mas dessa vez conseguiu manter a regularidade e venceu com muita garra a disputa na categoria Júnior. Vinícius Gussolli (SMEL Foz do Iguaçu) levou o título na categoria juvenil. 

“Não teve nenhum momento fácil durante a prova. Foram seis corridas em dois dias de competição e o nível estava bastante alto. Junto com o meu técnico Claudio fizemos uma estratégia para se defender nas provas com deficiência e tentar vencer nas minhas especialidades. Acabou dando certo e estou muito feliz com o ouro”, declarou Rafael Augusto.

Na prova por pontos, os jovens também mostraram muita habilidade e estratégia, principalmente Julia Constantino e Amanda Kunkel, que conquistaram o segundo título no dia após ganharem na categoria infanto juvenil e juvenil, respectivamente. Na Junior, Carolina do Nascimento (Clube Maringaense de Ciclismo) foi a primeira colocada.

Entre os homens, Brehon Junior (Clube Ciclístico Araponguense) conquistou o primeiro lugar na categoria Infantojuvenil, enquanto Wellington Timoteo (Clube Ciclístico Araponguense) venceu na juvenil e Kelvin Batista terminou com o bronze.

A principal competição brasileira de ciclismo de pista para as categorias de base recebeu nesta sexta (03), o presidente da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), José Luiz Vasconcellos, que fez questão de prestigiar os futuros representantes da seleção brasileira.  

“O brasileiro de Ciclismo de Pista de Juniores é uma competição que sempre revela grandes nomes para o nosso esporte. A confederação acompanha de perto todos esses novos talentos e, principalmente agora, com o legado dos Jogos Olímpicos, vamos estar trabalhando ainda mais motivados para os próximos ciclos”, informou José Luiz Vasconcellos, presidente da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC).

Corrida dos técnicos

Para inspirar a nova geração, os técnicos também embarcaram em uma disputa promocional e levantaram não só o público presente nas arquibancadas como seus pupilos, que gritaram e incentivaram muito na torcida. A ação é uma homenagem da confederação brasileira de ciclismo para todos os técnicos de ciclismo.  

A prova reuniu os técnicos e dirigentes participantes do evento em uma disputa amistosa, onde o principal objetivo é preservar o espirito da amizade e de uma vida saudável caminhando paralelamente ao esporte.

“É uma iniciativa muito legal da confederação que vêm para fechar o programa de competições do Brasileiro de Pista Junior. Todos nós, técnicos, ficamos lisonjeados com a homenagem. Acredito que é uma maneira criativa de mantermos a união e a amizade dentro do nosso esporte”, declarou Carlos Martinelli, técnico do Clube Maringaense de Ciclismo.

Foto: Luis Claudio/CBC

Maiores informações: www.cbc.esp.br


Rua: Max Colin, 1640, América - Joinville
Telefone: (47) 3422-0137
Copyright 2012 © Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por VEG Tecnologia